Sandy revela que não anda sem maquiagem na série
Sandy revela que não anda sem maquiagem na série "Angélica 50 & Tanto" (Foto: Reprodução/Globoplay)

Na série “Angélica 50 & Tanto”, a cantora Sandy disse que não anda sem maquiagem. “Não me acho bonita e não me sinto confortável”, disse a artista. Mas, afinal, é possível ter uma pele bonita de cara lavada?

A Dra. Lilian Brasileiro, médica especialista em Dermatologia, destaca a importância de hábitos de vida saudáveis, como alimentação equilibrada, sono de qualidade, exercícios regulares, e a evitar o consumo de álcool e tabaco para manter a beleza da pele. Ela enfatiza também o uso do fotoprotetor como prioridade para prevenir danos à pele causados pelos raios solares.

Além disso, a visita ao dermatologista é destacada como essencial, pois as evoluções tecnológicas permitem tratamentos menos invasivos. O Dr. Renato Soriani, dermatologista e especialista em tecnologias dermatológicas, apresenta alguns dos principais tratamentos para uma pele saudável e bonita.

Entre os tratamentos mencionados estão os lasers de picossegundos, uma tecnologia recente para tratar manchas, melasma e melhorar a textura da pele. O médico explica que o laser fragmenta o pigmento de forma a facilitar sua eliminação pelo organismo.

A toxina botulínica é destacada como uma opção para prevenir rugas dinâmicas, atuando na musculatura para evitar contração e fraturas da pele. Já o preenchimento com ácido hialurônico é mencionado como uma alternativa para combater rugas e volumizar pontos da face.

A radiofrequência microagulhada, com a tecnologia Morpheus, é indicada para a flacidez leve de pele. O procedimento utiliza microagulhas que liberam radiofrequência nas camadas mais profundas, estimulando a produção de colágeno e elastina.

O ultrassom microfocado é destacado como uma opção para produzir um efeito lifting não cirúrgico. A tecnologia entrega pontos de coagulação térmica em diferentes profundidades da pele, resultando em contração imediata do músculo e estimulando a produção de colágeno ao longo do tempo.

Outra abordagem para estimular o colágeno é o uso de bioestimuladores injetáveis, como o ácido polilático ou a hidroxiapatita de cálcio. Essas substâncias causam uma inflamação controlada que estimula a produção de colágeno, proporcionando sustentação à pele.

A radiofrequência multifracionada, com a tecnologia Futera, é apresentada como uma novidade que utiliza ondas eletromagnéticas para converter calor na pele, promovendo rejuvenescimento facial.

Os médicos ressaltam que, em alguns casos, pode ser necessário combinar diferentes técnicas para obter os resultados desejados e recomendam sempre procurar a orientação de um profissional para a escolha adequada dos procedimentos.

Leia também: